A História do Ar-Condicionado

Já vimos muita coisa sobre ar condicionado aqui no blog. Vimos como escolher o melhor, qual a diferença entre ele e o climatizador, o que dizem sobre ar condicionado e como não gozar rápido, como escolher um bom técnico etc.

Mas você já parou para pensar em como surgiu o ar condicionado?

Ele nem sempre foi desse jeitinho que o conhecemos hoje, passou por várias mudanças ao longo dos anos. É uma boa história para se conhecer.

Book store owner

Por isso vamos conta-la hoje. Com certeza você vai gostar. Sente-se aí no seu sofá e vamos a história.

Como tudo começou

Willis Carrier (veja imagem abaixo) é considerado o inventor do ar condicionado. Isso aconteceu em 1902, nos Estados Unidos. Ele precisava resolver um problema que uma empresa de impressão estava tendo em dias quentes.

Willis considerou eu se tirasse a umidade do ar resfriando o ar resolveria o problema e assim o fez. Ele criou um mecanismo que resfriava os dutos controlando a temperatura e retirando a umidade do ar.

Nessa época, a expressão “ar condicionado” ainda não existia, ela veio a tona em 1906 com o inventor Stuart Cramer. Ele criou seu próprio aparelho de ar condicionado para aplicar em sua própria fábrica de tecidos.

Entretanto, esses primeiros aparelhos de ar condicionado eram perigosos. Eles usavam gases tóxicos ou inflamáveis em seu funcionamento. Em caso de vazamentos as consequências poderiam ser fatais!

Os anos continuam

Veja como a história se desenvolveu.

1914

O ar condicionado não se tornou popular logo de imediato. O potencial real daquela invenção ainda não havia sido notado de verdade.

Até quem em 1914 foi realizada a primeira instalação residencial em uma mansão em Minneapolis e também a primeira instalação de ar condicionado em um hospital.

No hospital, o ar condicionado tinha por objetivo aumentar a umidade em um berçário, isso ajudou a reduzir a mortalidade por causa da desidratação em prematuros.

1919

O ar condicionado chega a um cinema em Chicago.

1923

Nesse ano ele chega a uma loja de departamento em Detroit. Essa loja instalou 3 aparelhos de a condicionado.

A partir daí vários cinemas instalaram aparelhos de ar condicionado o que melhorou muito as bilheterias no período de verão, que eram os meses de maior queda nas entradas.

O cinema Tivoli, em Nova York, fez o maior sucesso após a instalação do ar condicionado. Tudo o que as pessoas mais desejavam era aproveitar a refrigeração do local ao assistir confortavelmente os filmes.

Os aparelhos de ar condicionado também começaram a ser instalados em escritórios, inclusive em escritórios do governo do Estados Unidos.

Ao final dessa década, o modelo para casas também já estava sendo comercializado pela Carrier.

1930

Até mesmo vagões de trem começaram a ter aparelhos de ar condicionado instalados neles.

Wiilis Carrier inventou o ar condicionado apropriado para arranha céus. Os chamados sistemas HVAC foram desenvolvidos para automóveis mas não funcionavam muito bem.

Houve avanços, mas também houve uma grande queda desse comércio por causa da Segunda Guerra Mundial.

1940

Aqui os espaços já começaram a ser planejados para serem utilizados juntamente com os aparelhos de ar condicionado.

Veja que interessante essa propaganda antiga sobre ar condicionado logo abaixo:

1950

Começou a ser realizada a produção em série dos aparelhos de ar condicionado para casas, produzidos também pela Carrier. Os aparelhos foram rapidamente vendidos e popularizados.

1957

O tamanho do ar condicionado pode ser reduzido com a utilização do primeiro compressor rotativo.

1960

O ar condicionado começou a ser expandido para outros países e o preço também ficou menor.

1970

Ocorre então a invenção do ar condicionado de janela.

1980

Dessa vez o ar condicionado para carro tem sucesso. Aqui, eles estão menores e mais facilmente acessíveis.

1990

Até aqui o Freon era utilizado nos aparelhos de ar condicionado, porém ele é considerado um vilão da destruição da camada de ozônio. A Carrier e a Honeywell (outra fábrica de ar condicionado) substituíram o Freon por substâncias menos nocivas.

2000

Surgem os modelos Split e depois a tecnologia inverter.

2010 adiante

O Split passa a ser o modelo de ar condicionado preferido tanto para ambientes residenciais quanto comerciais.

Finalizando

A tecnologia continua avançando e muito mais pode surgir ainda relacionado aos aparelhos de ar condicionado. A história nunca para.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *